A inspiração

A ideia de ter um brinquedo de colorir que remeta à Frida Kahlo vinha de algum tempo.

Não sabíamos bem como, mas depois que desenhei as matrioskas LudYx, que inspiraram os astronautas – ou  matrionautas – , vimos que poderíamos seguir a inspiração para fazer a Fridaioska 🙂

E assim, somando a ideia das matrioskas com uma imagem de Frida Kahlo criança, a Sandra as desenhou, Tinta no Pano estampou, Marta costurou… e eis que elas nasceram!

Como sempre, a gente se alegra com todos os processos, curte muito… cada etapa é compartilhada e gera aquela ansiedade boa, de ver a peça ficar pronta!

 

“Quando ela nasceu ela pensava que a vida dela seria um pouco chata, por que naquela época as mulheres eram tipo empregada…”

Logo que nasceram, o sucesso já se mostrou. Achamos até que seria mais entre pessoas adultas, do que entre as crianças…

Qual não foi minha surpresa, quando a Sarah, de 7 anos, quis a sua Frida, pois estava estudando sobre ela na escola!

Eu sempre amei quando via minha filha, muito pequena ainda, aprendendo sobre artistas e arte na escola. E fico feliz de ver o mesmo na aprendizagem de meus sobrinhos. E achei muito legal Frida Kahlo ser a artista da vez… e pedi pra ela contar pra mim o que aprendeu.

Não deixe de ver. É muita fofura. Sarah conseguiu o que poucos consegue: uma síntese, em 4 minutos de fala, cheia de expressividade.

E é possível que, depois de ouvi-la, você sinta a necessidade e vontade de ir estudar um pouco mais sobre Frida, sua vida, suas obras e seu legado em diversas dimensões: na arte, no feminismo, na busca pela liberdade, no modo de ser, de vestir…

Clique aqui  ou na imagem para ver o vídeo. Assista e assine!

Foto de fundo: Mel Tesche

Compre o seu trio de Fridaioskas, aqui.

Ou, se você se interessou e quer aprender a fazer brinquedos de colorir: veja como, aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *