Logo que nasceram as primeiras bonecas Molly e Axel (aqui), elas foram brincar com seus novos amiguinhos.

Sarah, Thomas, Laura e Nikolas foram os primeiros a tê-los consigo.

O Nikolas, é ‘sobrinho-emprestado’ da Marta, umas das inspirações para a criação dos bonecos (aqui). Conta a Marta que ele dorme abraçado no boneco 🙂

Quando a Molly nasceu, logo lembramos da Laura – e uma boneca de cabelo amarelo, de chiquinhas, foi confeccionada inspirada nela 🙂

A Laura é filha de primos queridos da Kerstin (minha filha), por parte de pai – quando estão juntas, é muita diversão. A alegria e a fofura da Laura são, sempre, contagiantes!

Eu, pessoalmente, me encontro poucas vezes com Laura e sua família. Mas já aprendi muito. E uma coisa legal que a mãe dela me comentou, no dia em que mostrei a boneca (e que eu não tinha me dado conta), é que a Laura (e é assim com as crianças!) não se reconhece diferente. Claro! Os adultos é que não entendem isso, e com facilidade desprezam diferenças e geram preconceitos … e aí a gente tem esse mundo complicado de conviver, né? No meu entendimento, a diferença existe, ela faz parte da identidade – mas precisa ter o espaço de ser vivida de forma inclusa e plena, com oportunidades para [email protected]s! Já avançamos, mas há muito que evoluir!

Sarah e Thomas, meus sobrinhos também ganharam, Molly e Axel. Sarah reconheceu na Molly uma amiguinha dela, que tem Síndrome de Down – e logo, também se tornaram amigas!

Na montagem de fotos dá pra perceber quanta brincadeira aconteceu. Molly ganhou suco. Axel andou de skate 🙂

A coisa mais gostosa pra quem faz bonecas de pano, é ver como elas geram uma relação de afeto.

É quase instantâneo: ao enxergar a boneca, vem o abraço! E é isso que desejamos com Molly e Axel: que elas possam gerar afetos, por meio da aprendizagem de que a diversidade é uma riqueza, expressa de tantas maneiras na humanidade – também pela Síndrome de Down. Que possamos aprender com as crianças, que sequer percebem as diferenças, que o mundo é muito melhor [email protected]!

O molde e a estamparia é igual em todas as bonecas. Mas nós podemos aproximar características na confecção – na cor do cabelo, em alguma roupa, algum outro detalhe.

Então, presentei com Molly e Axel: veja detalhes aqui.

Temos certeza de que muitas brincadeiras nascerão, entre meninas e meninos!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *